quarta-feira, 6 de junho de 2018

cuidados gerais

Nessa semana houveram pequenos passos no refinamento alimentar. Tem vários itens para eu trabalhar e aumentar a atenção. Tudo que eu for respondo na despensa vai ter uma atenção maior. Mas ainda vou consumir o que ainda tem.
O chá de maracujá não funcionou, vou tentar a tintura de valeriana. Obrigado pelas orientações.

Não falamos sobre intoxicação ambiental doméstica, queria saber se tem alguma indicação para substituir o sabão líquido de lavar roupa, é se há contraindicação ao talco Granado na axila.

[22:43, 5/6/2018] Daniele Silva Faria: 

essa é a ideia, consome o que tem em casa e amplia a consciência sobre produtos futuros que vier a adquirir.

Se um dia voltar a querer usar o chá das folhas de maracujá, a gente garante a eficácia da planta in natura, uma média de 6 folhas por xícara. 
Sachês a gente não tem visto surtir o efeito desejado. 

Lembro ainda que priorizamos o uso de alimentos e plantas medicinais mais próximos do nosso meio, isso diminui os riscos de contaminação pelo transporte ou estocagem.

Assim reforço a ideia de que temos as alternativas brasileiras tintura mãe de passiflora e tintura mãe de avena sativa, caso algum dia queira provar outro calmante que não seja a raiz européia: Valeriana.

Fotografa os ingredientes do talco granado e envia aqui no grupo aí podemos emitir algum parecer.

Receita de sabão multiuso que pode ser feita no liquidificador:

- 1 litro de óleo de Coco 
- 177 g soda cáustica (hidróxido de sódio)
- 413 g água 
- óleos essenciais se desejar.

▶ Usar luvas, óculos e manga comprida.

1. Em recipiente de PLÁSTICO OU VIDRO nunca metal

2. Colocar a ÁGUA no recipiente. 

Despejar a soda COM CUIDADO
 (sempre soda na água, do contrário reage e pode saltar). 

Mexer com madeira ou plástico.

3. Bem dissolvida a soda, acrescentar o óleo e bater com mixer ou liquidificador, com cuidado e sem parar, até que tome consistência de maionese.

Derramar em molde, esperar endurecer, retirar do molde e cortar.

Deixar descansar em ambiente seco e ventilado por no mínimo 7 dias antes de usar.


Água sanitária é útil contra fungos, nas paredes e ambientes. Para outras limpezas, um desinfetante caseiro preparado com vinagre/limão e bicarbonato, ou simplesmente água e sabão são suficientes para limpar tudo.


Desinfetante natural:

1 copo de vinagre
1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio 
1-1,5 litro de água 

Misturar e deixar aberto até que termine de espumar. Adicionar 15-20 gotas de óleo essencial para aromatizar (citronela, eucalipto, lavanda, cidreira, etc.).


Para higiene pessoal:

😁 Dentes: nosso protocolo recomenda somente uma boa escovação com água,  ou então com o gel da babosa (faz até espuma e auxilia a manter as gengivas saudáveis) . Outras opções encontradas em lojas de produtos naturais são raspa de juá, pasta de dentes a base de argila (conferir sempre os ingredientes), se usa também pó de folhas fe goiaba ou de sálvia. Porém estas últimas opções são abrasivas e.se.usadas diariamente tendem a gastar o esmalte, enfraquecendo os dentes e deixando mais propícios a manchas.


Sabão/sabonete corporal: desnecessário,  retira a oleosidade natural da pele, causando ressecamento. Se quiser usar ocasionalmente,  usar sabões naturais.


Xampu: pode-se usar o gel da babosa, ou o mesmo sabão natural caseiro multiuso.

Condicionador: usamos vinagre diluído em água. Costumo preparar em um potinho metade vinagre de maçã,  metade água com 1-2 gotinhas de óleo essencial. Verificar sempre os ingredientes do vinagre, para evitar corantes e conservantes. 

Outra opção é uma gotinha (não mais do que isto) de óleo de coco.


☀ hidratante e protetor solar: usamos gel de Aloe vera.

Lembrando que os cuidados com o uso da babosa:

luizmeira.com/aloe.htm